24 de fev de 2007

A Guerra por Clint Eastwood

Desculpem o atraso no blog dessa semana, mas é que infelizmente bloquearam o acesso ao blog essa semana, e como normalmente eu fazia isso do trabalho acabei sendo surpreendido com isso, mas fazer oque, não adianta ficar reclamando, a diferença é que agora vou escrever e postar de casa mesmo.


Hoje eu fui ao cinema, e assistia dois filmes, primeiro eu vi A Conquista da Honra, e depois Cartas de Iwo Jima, já tinha um tempo que eu queria ver esses filmes e aproveitei o sábado para ver os dois.


É muito interessante a forma como Clint Eastwood aborda o assunto da batalha de Iwo Jima, primeiro porque ele conta a historia dos dois lados, primeiro em A Conquista da Honra vista pelo lado Americano, mas na verdade a historia não trata muito da Guerra mas sim dos soldados e como um simples fato ocorrido pode transformar simples soldados em heróis que de fato os são, mas não pelos motivos certos.


No segundo filme, Cartas de Iwo Jima ele fala do lado Japones, o que é muito legal pois não ficamos só com um lado da historia e como no primeiro filme fala bastante sobre os soldados e como eles interagem com a situação pela qual passam suas vidas, suas angustias e suas perspectivas a respeita da batalha que esta por vir.


Não vou dar mais detalhes para não contar o filme, mas Clint Eastwood mais uma vez se mostra um excelente diretor, e traz um novo ponto de vista sobre filmes de guerra, quem espera ver algo parecido com outros filmes de guerra pode desistir, não é melhor nem pior, só diferente, e com certeza vale a pena assistir.


15 de fev de 2007

Novidades

Não, você não esta no blog errado, ou talvez esteja, mas de qualquer forma se já leu até aqui então chega até o final, quem sabe você gosta? Então pra quem já esta acostumado a vir aqui, podem notar logo de cara que mudei o layout do blog.


É que o Google esta com novo formato de blog, e tem algumas novas funcionalidades, as quais ainda não testei completamente ainda, mas parece que de cara a configuração ficou um pouco mais fácil, na verdade eu nem precisaria mudar o layout, mas não estava gostando muito do jeito que estava e acredito que assim fica melhor para ler, espero que os leitores gostem, mas estou aberto a sugestões, se alguem quiser comentar alguma coisa que pode ser melhorada pode ficar a vontade que esta será analisada.


Como disse na semana passada, estou no novo local de trabalho, e agora definitivamente, logo de cara vou ter que aprender uma serie de coisas e me foram passadas varias responsabilidades, que acredito acrescentaram muito ao meu conhecimento, pois muitas delas ainda terei que aprender.


Das novas responsabilidades a mais interessante é a criação de um fórum e talvez um portal, o legal disso é que rodara em cima de Linux e nesse momento estou terminando a instalação do Debian Sarge, a tarde farei a instalação e configuração do Apache, Mysql e PHP.


9 de fev de 2007

Mudança.

Enfim parece que as coisas vão mudar para mim, essa historia começou a mais ou menos 7 meses atrás, quando eu comecei a minha mudança profissional, foi quando terminei a faculdade, eu estava mudando de área e fui trabalhar onde gosto.

Naquela época estava quase tudo certo inclusive eu já estava trabalhando no nova área, e ai por uma infelicidade e falta de palavra de uns, eu acabei tendo que vir para o lugar onde estou agora, e desde o começo as coisas aqui não são muito boas e fico limitado profissionalmente.

Mas agora depois de novas negociações, minha transferência já esta marcada, e acredito que para onde vou terei mais chance de aprender e me desenvolver profissionalmente, la é um lugar maior com muito mais trabalho e novos desafios, e também vou tentar inserir algumas coisas de software livre, que é o que mais gosto.

Bem provavelmente no próximo post já estarei lá, e espero que seja uma coisa boa, como todos sabem mudanças sempre são um pouco difíceis, mas aqui onde eu trabalho já passei por varias, e acho que o negocio é não se desesperar e deixar a coisa acontecer, o importante e ter certeza na hora que a decisão foi tomada, e sempre tentar ver o lado bom, nunca é cem por cento, mas nesse caso acho que vale a pena.

1 de fev de 2007

Vista Cansada e Embaçada

É, o tão aguardado Windows Vista chegou, e veio salgado hein, R$ 989,00 para quem quiser todas as novidades da qual ele é capaz, como os efeitos 3D, e toda aquelas frescuras que na maioria das vezes serve mais para consumir memória do que para otimizar o trabalho.

Acho estranho quando dizem que ele vai revolucionar os desktops e a informática, acho que ele vai revolucionar os usuários que só conhecem Microsoft como único sistema operacional do mundo, porque para quem usa Linux por exemplo, esse negocio de efeitos 3D, eu já vi a pelo menos 1 ano, inclusive já instalei na minha maquina e funcionou razoavelmente bem, digo isso pois a minha maquina esta bem longe da exigida pelo Windows Vista, pois é um PIII 1.0GHz com uma placa de vídeo de 64 MB e 512 de memória RAM, quer dizer o Linux faz isso a muito tempo e com menos recursos de hardware, não acredita em mim? Então vai no youtube e digita lá XGL, que você vai ter uma idéia do que eu estou falando.

Eu ia falar a questão do preço, pois o Linux faz isso por um preço muito abaixo do que o praticado pela Microsoft, é só baixar na Internet! Agora você vai dizer que sua conexão é lenta e não da para baixar, então use o Ubuntu, é só entrar em https://shipit.ubuntu.com/ e pedir que eles mandam entregar na sua casa sem custo nenhum.

Mas infelizmente aqui no Brasil o Windows é somente um pouco mais caro que o Linux, ou dependendo do modo que é comprado pode até sair mais barato, no dia do lançamento, o Windows Vista Ultimate Full podia ser comprado na Sta. Efigênia por R$ 15,00.

Mas eu fico pensando, se não fosse pela pirataria será que a Microsoft dominaria o mercado como o domina hoje? Eu duvido que a vantagem dela seria tão grande, pois para mim o negocio dela se beneficia do vicio dos usuários, que não consegue largar da sua dependência de um software caro e engessado, e acaba fazendo com que isso se perpetue por muito tempo.

É uma pena, pois o Linux evoluiu muito, e essas pessoas na sua maioria não sabem o que estão perdendo, mas acredito que talvez um dia elas acordem e vejam que existe vida além do Windows.