30 de dez de 2013

Adeus 2013.

Mais um ano que se vai e é nesse momento que pensamos, o que fizemos de bom nesse ano? Eu acho difícil dizer, claro que como individuo cada um tem as suas conquistas ou derrotas no ano, fazer essa ponderação pode ser bom, para que pelo menos não repitamos os erros no novo ano, mas a minha maior preocupação nesse ano que esta terminando é o rumo que esse país esta seguindo.


A diferença entre um país e uma pessoa é que ao contrario das pessoas em que a vida dela pode mudar de um dia para o outro, com um novo emprego ou oportunidade, uma ideia ou mesmo ganhar na loteria, com um país a coisa é bem diferente, as coisas demoraram a mudar, sair da inercia ou da direção errada pode levar muito tempo, e gerações inteiras serão perdidas até que as coisas melhorem.


Esse ano de 2013 deverá ficar marcado pelos protestos que aconteceram, pedindo mudanças de um jeito meio atabalhoado, sem muita organização ou uma pauta de reivindicações definida, mas mesmo assim no começo até por conta da inabilidade do poder que esta ai instalado, elas pareciam promissoras. Mas hoje, alguns meses depois, alguma coisa mudou? Esses dias mesmo saiu uma noticia sobre o Sr. Renan Calheiros, ele fez uso de um avião da FAB para assuntos particulares. Com a prisão dos mensaleiros, instaurou-se uma verdadeira romaria ao presidio onde eles estão presos, e quem os visita? Pessoas do governo, ministros, e outros integrantes do PT, sem contar que usaram e abusaram de privilégios para visitas a qualquer hora e dia. Esse foi o 2013 do Brasil, sem falar no escândalo que envolve a Siemens e os governos do PSDB nas licitações do metro e de trens, os dois principais partidos do Brasil envoltos em corrupção, além é claro da total falta de capacidade dos governantes em melhorar o país, que cresce menos a cada ano.


Depois dessas coisas a conclusão que chego é que os políticos que lá estão, não estão nem ai para o povo, pelo menos os que estão no poder, essa politica do governo federal de cada vez arrecadar mais e enfiar o dinheiro não sabemos onde esta nos matando, e como eu disse no inicio, esse estrago vai doer e vai demorar muito para ser corrigido.

Mas temos uma boa noticia para o próximo ano, é ano de eleição e na eleição temos o poder o voto, que é a única coisa que os políticos temem, então nesse ano o importante é usar o voto e colocar para fora tudo o que foi dito nos protestos, se os políticos esqueceram os protestos e voltaram a fazer tudo como sempre, nós temos que mostrar que não esquecemos e trocar o poder desse país, não devemos ter medo da mudança, eles sim, se quem entrar no lugar não melhorar as coisas, mudamos também, temos que coloca-los contra a parede e mostrar que para continuarem eles tem que fazer um bom trabalho, senão estão fora, só assim conseguiremos um país melhor.


A expectativa não é muito boa, pelo que vemos nas pesquisas, mas mesmo assim não vamos desistir, usando a frase do Kennedy:

"Não pergunte o que seu país pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer por seu país."

A resposta para essa pergunta é um voto consciente, isso podemos fazer e devemos ao nosso país.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não perca a oportunidade de falar.