15 de set de 2013

Para onde vai o Supremo?

Para onde vai o Supremo Tribunal Federal? Essa é a pergunta da semana, já que com o empate de 5 a 5 dos contra e os a favor dos embargos infringentes, fica a expectativa do voto do ministro Celso de Mello, que sera o voto de minerva, ele parece não estar muito preocupado com isso, e o seu voto caminha para aceitar os embargos infringentes, isso baseado em opiniões anteriores dele.

O caso é que o supremo se encontra em uma bifurcação, que ele pode escolher seguir pela direita ou esquerda, uma leva onde já se encontram o Legislativo e o Executivo, que são favoráveis a aceitação dos embargos, já que isso faria com que houvesse um novo julgamento e diminuiria bastante a possibilidade dos mensaleiros serem presos de fato, a outra leva a prisão dos mensaleiros, o que os colocaria a parte do bando de ladrões que nos conhecemos e que parecem surdos aos últimos protestos de ruas, já que nada fizeram para atender os anseios da sociedade.

Espero que realmente condenem os mensaleiros de uma vez e assim mandem uma mensagem aos que gostam de roubar do povo, a que a época da impunidade terminou e que o Judiciário é honesto, a despeito dos outros poderes, que claramente trabalham em beneficio próprio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não perca a oportunidade de falar.